Páscoa

Brunch de Páscoa: cardápio, montagem e decoração

 

A ideia de um brunch temático é justamente decorar o ambiente de forma lúdica ou criar peças gráficas que lembrem os ícones da festa. O detalhe é que eu não fiz nem uma coisa nem outra. Rá! Mal consegui comprar um vaso de flor para adornar o buffet, tamanha a correria na semana que antecedeu a reunião. Então, parti para o lado objetivo e prático.

Escolhi as tradicionais cores laranja e verde para dar os tons da reunião. Fiz os toppers com papel verde de scrapbook e imprimi os nomes das comidinhas em papel couchê brilho 115 g. Tenho uma impressora à laser colorida. Se a sua for jato de tinta prefira o papel glossy. Para recortar os toppers redondos eu uso furadores de scrap, alguns têm a borda lisa e outros são escalopados.

Meu marido mandou fazer umas patinhas de coelho em plotagem, um adesivo vinílico. Então fiz um caminho pela sala com as pegadinhas até chegar ao ninho do coelhinho.

A única guloseima que realmente lembrava a Páscoa – ou deveria lembrar – era o Cupcake com Ninho de Coco e Ovos de Amendoim. Na verdade, nenhum convidado percebeu que era um ninho. Mas, pelo menos, eu tentei! Rá rá rá!

Além de pães variados, frios e patê de ricota com azeitona preta, o brunch teve algumas entradinhas: carpaccio de salmão com alcaparra e queijo brie com mel e gergelim preto. O carpaccio eu comprei pronto no supermercado Angeloni. Temperei com limão e coloquei a alcaparra refogada no azeite por cima.

As minitorradinhas de alho do mercado municipal de Curitiba, além de deliciosas e crocantes, ajudaram a aromatizar o Buffet.

Preparei uma verrine de Salada Caprese: mussarela de búfala cortada em rodelas, tomate cereja e lascas de azeitona preta. O manjericão deu o acabamento final.

Como prato principal fiz panquecas de Ricota com Espinafre e Panqueca de Cenoura com Frango. Não tirei fotos, acredite! Mas a ideia era mostrar a panqueca de espinafre (verde) ao lado da de cenoura (laranja). Ficou uma apresentação bicolor, nas cores da festinha! Acima, os guardanapos de papel usado no brunch!

A suqueira recebeu suco de laranja natural. E foi uma peça fundamental na decoração do buffet. Todo mundo adorou! Mas acho que o suco não foi bem coado e toda hora entupia a saída do líquido. Até que troquei por uma jarra comum e fomos felizes com nosso suco fresquinho!

O cardápio ficou assim:

Entradinhas

Minipão de Ervas
Minipão Francês
Minipão Ciabatta
Frios variados
Carpaccio de Salmão com Alcaparras
Queijo Brie com Mel e Gergelim Preto
Patê de Frango
Patê de Ricota com Azeitona Preta
Verrine de Salada Caprese
Geléia de Pêssego Ligth

Prato Quente

Panqueca de Ricota e Espinafre
Panqueca de Cenoura com Frango
Arroz Aromatizado com Alho Roxo

Docinhos

Cupcake de Chocolate com recheio Prestígio
Brigadeirinho de Amêndoa
Bombons (sonho de valsa encapado com tecido)

Bebidas

Água
Refrigerante
Suco de Laranja
Café Nespresso
Frisante

No meu esforço para não gastar demais e não deixar um monte de coisa sobrando na geladeira apostei novamente num cardápio mais enxuto. O objetivo, pelo menos para mim, foi alcançado! Mas você pode incluir no seu brunch tortas, quiches, salgadinhos e frutas frescas, por exemplo.

Algumas receitinhas:

Patê de Ricota com Azeitona Preta

200 gde ricota
2 colheres (sopa) azeite de oliva
1 colher (sopa) maionese
2 colheres de cheiro verde
Meia xícara de azeitona preta picada
2 colheres de creme de leite

Misture todos os ingredientes, amassando bem a ricota. Está pronto.

Brigadeiro de Amêndoa

100 g de amêndoas trituradas
1 lata de leite condensado
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
3 colheres (sopa) de creme de leite

Triture as amêndoas no liquidificador e misture-as com os outros ingredientes. Leve tudo ao fogo e mexa sempre até soltar do fundo (ponto de brigadeiro). Depois, é só esperar esfriar e fazer as bolinhas. Você pode passar no granulado em flocos  ou em amêndoas cortadas em filetes.

Fotos: Sílvia Oliveira

Brunch de Páscoa: como preparar a apresentação do buffet

Depois do Natal, a Páscoa é a data festiva mais fofa do ano. Tudo bem, é suupercomercial como todas as outras. E para quem é Cristão deveria ter outro significado, é verdade! Mas esse festival de chocolate inunda meus sentidos. Já o coelhinho é um personagem divertido e alegre. Para quem tem criança, então, é uma delícia!

Neste domingo fizemos um Brunch de Páscoa antecipado lá em casa. Como vou viajar em todos os finais de semana que virão até o dia 30 de abril, aproveitei para reunir a família e provar uns belisquetes e comidinhas fáceis. O Brunch é um café da manhã (breakfast, em inglês) com almoço (lunch, em inglês). Geralmente vai das 10h às 15h. Eu marquei logo para o meio-dia! Ah, não, domingo você não consegue fazer ninguém levantar cedo para uma reuniãozinha informal.

No meu buffet coloquei a minha linha verrine-finger food em ação juntamente com a suqueira que comprei na vidraçaria Raiar da Aurora em Curitiba por R$ 85. Pela primeira vez usei estes recipientes de finger food descartáveis da linha DecorPlastic. São de plástico, mas imitam metal. Achei que ficou bem bonito na montagem, dando um ar sofisticado aos elementos do buffet. Um conjunto de minicolher, por exemplo, custou R$ 9,90 com 24 unidades! E, embora, sejam “descartáveis” é claro que você pode reusar o material em outras reuniões familiares.

Os recipientes descartáveis para finger food vem em vários formatos: oval, quadrado, colher, cumbuquinha e tem linha tradicional como pratos e talheres. É uma opção interessante! Agora, dá uma olhada na fotógrafa desastrada aparecendo dentro das tigelinhas! Rá rá rá! O que eu adorei foi a ideia de acomodar alguns itens do cardápio em cima de livros, que fizeram a vez dos suportes. Vi a dica na Revista Casa e Comida deste mês. (Ou foi no livro Receber com Charme? Depois eu confirmo…)

Não tive tempo de criar peças gráficas, o que caracterizaria um Brunch de Páscoa efetivamente. Só produzi os toppers que indicavam os nomes das comidinhas e procurei trabalhar nas cores tradicionais – e óbvias, eu sei - da páscoa: laranja e verde. Colocamos pegadinhas de coelho no chão (vou mostrar no próximo post) e montamos um “ninho” para as crianças (Mariana e primas adoraram!) para deixar o ambiente mais lúdico para elas. 

Para dar um toque campestre coloquei laranjas dentro de um vaso de vidro (cê já percebeu que minha criatividade estava zero, né, porque frutas dentro de jarra é a coisa mais carne de vaca na decoração! Rá!)  e flores simples em um xícara verde grande. Nada muito mirabolante porque eu só tive três dias para organizar o “evento”. Por isso, resolvi me concentrar no cardápio que teve, entre outros quitutes, carpacio de salmão com alcaparras, panqueca de ricota com espinafre e brigadeiro de amêndoa. Mas isso fica para o próximo post, onde vou mostrar a festa e as devidas receitinhas! Até lá!

Fotos: Sílvia Oliveira